sábado, 23 de maio de 2009

OCASO DO DEVANEIO




O sonho acabou
Minha borboleta de prata
Somente a névoa
Sobrou
Soprou o vento
Dissipando a paixão
E a dor brotou

Em meu coração
Suas asas prateadas
Como raio de sol
Delicadas
Asas de Ícaro
Por um momento refletiram
A vida
Junto ao ocaso
Desvaneceram-se
O sonho acabou
Minha borboleta de prata.

2008 Enviar para o Twitter

Um comentário:

  1. adorei!!! eu amo metáforas e vc é muuuito boa nisso....
    parabéns!
    beiju

    ResponderExcluir